Impacto da IATF na Pecuária de Corte

Segundo estimativas do Departamento de Reprodução Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ/USP), o número de inseminações artificiais em tempo fixo (IATF) atingiu 13,3 milhões de procedimentos em 2018. Atualmente, a IATF responde por 86,3% das inseminações realizadas no Brasil, ganhando cada vez mais espaço no mercado de genética e reprodução animal.

Dessa forma, a IATF gera para a cadeia produtiva de bovinos de corte um impacto de R$ 2,1 bilhões a mais por ano. Em rebanhos de corte, parte do ganho financeiro gerado pelo emprego da IATF explica-se pelo aumento da quantidade de bezerros produzidos e pela qualidade genética destes produtos.

Compartilhar
Dúvidas? Podemos ajudar